Bom, pessoal, sabemos que a maior parte dos profissionais da área de saúde tem o desejo de abrir o negócio próprio. Mas antes de se lançar no mercado e montar um consultório ou clínica, é preciso avaliar se o investimento é viável e, o mais importante: rentável. Para isso, é fundamental elaborar um plano de negócio. Tomar como base colegas, professores, ou mesmo os pais, ou subestimar a importância desse planejamento quando o negócio já está em funcionamento, são grandes erros.

O plano de negócio é um documento que descreve os objetivos de um negócio e o caminho para alcançá-los. Por meio dele, é possível identificar os pontos fortes e fracos e corrigir falhas antes mesmo de elas ocorrerem. Ele também ajuda a definir se o melhor caminho é ampliar um mercado existente ou partir rumo ao novo e inexplorado.

Não é incomum, por exemplo, ocorrerem mudanças profundas no projeto ou até mesmo o abandono da ideia inicial durante essa reflexão. E é justamente aí que está o seu valor: é muito mais fácil mudar ou abandonar um negócio quando ele ainda está no papel.

Para ser assertivo nessa tarefa, o seu plano de negócio deve ajudá-lo a responder algumas questões. Eis, aqui, algumas delas. (Outras, claro, podem ser adicionadas à lista conforme a necessidade e a criatividade de cada profissional):

 

    1. O que é o meu negócio (missão)?

 

    1. Quais problemas dos clientes o meu negócio resolverá (valores)?

 

    1. De que forma o meu negócio resolverá estes problemas?

 

    1. Quais produtos pretendo oferecer?

 

    1. Que atributos (dos produtos já existentes) podem ser reduzidos?

 

    1. Que atributos (dos produtos já existentes) podem ser retirados?

 

    1. Que atributos (dos produtos já existentes) podem ser reforçados, melhorados ou ampliados?

 

    1. Que atributos (dos produtos já existentes) podem ser criados?

 

    1. Qual o tamanho do meu mercado (número de clientes potenciais)?

 

    1. Qual a fronteira do mercado no qual irei atuar?

 

    1. Qual o meu público alvo?

 

    1. Quem são meus principais concorrentes?

 

    1. Como os concorrentes conduzem seus negócios?

 

    1. Como me diferencio deles?

 

    1. Que oportunidades estou procurando?

 

    1. Quais são as ameaças para o sucesso do meu negócio?

 

    1. Qual é o meu time?

 

    1. Meu time é qualificado?

 

    1. Meu time é suficiente?

 

    1. Quais são as minhas estratégias de marketing e vendas?

 

    1. Qual é o valor inicial que terei que investir?

 

    1. Como financiarei o investimento inicial?

 

    1. Como financiarei os gastos?

 

    1. Qual minha estrutura de custos?

 

    1. Qual o custo médio ponderado do capital?

 

    1. Qual o limite de custos para atrair clientes?

 

    1. Qual a minha previsão de faturamento?

 

    1. Quais os fluxos de caixa esperados nos próximos cinco anos?

 

    1. Como avaliarei o desempenho do negócio?

 

    1. Com que periodicidade farei esta avaliação?

 

 

Na hora de elaborar o plano de negócio, algumas recomendações devem ser seguidas:

 

    • O modelo não deve ser seguido à risca, tal qual uma receita de bolo, mas deve ser flexível e adaptado às condições do mercado e às necessidades específicas de cada um

 

    • Conforme o tamanho e a complexidade do consultório ou clínica, o plano de negócio pode exigir a ajuda de um especialista

 

    • Se o seu plano de negócio será usado também para levantar recursos, buscar sócios, investidores ou mesmo parcerias, é aconselhável que você capriche na apresentação e lance mão de dados que justifiquem o seu projeto. Seja conservador em suas análises e, principalmente, em suas estimativas financeiras. Isso dará credibilidade ao seu plano

 

    • Quanto melhor sua aparência e quanto mais claras as ideias, melhores serão os resultados. Além disso, procure fazê-lo bem feito e organizado. Assim, você irá tornar mais fácil sua utilização e sua consulta

 

    • Por fim, não se assuste se, mesmo tendo pesquisado e planejado exaustivamente, você tiver que alterar parcialmente seu projeto depois de lançado o negócio. Isso é absolutamente normal
      Vocês devem ter percebido que elaborar um plano de negócios é uma tarefa demorada e exige tempo, empenho e paciência. Quanto mais extenso e abrangente for seu plano, maiores as chances de sucesso. Garanto que será recompensador!

 

Quer saber mais sobre como conquistar a tão sonhada independência financeira? Acompanhe o nosso blog: http://saudemaisacao.com.br/blog .