Blog
  • Blog
  • Bolsa de valores: 4 dicas para médicos que querem começar a investir

Bolsa de valores: 4 dicas para médicos que querem começar a investir

Bolsa de valores: 4 dicas para médicos que querem começar a investir

Trabalhar com medicina muitas vezes significa dias longos no consultório, sem muito tempo para o profissional se dedicar a outras atividades importantes. Por isso, a baixa da economia pode fazê-lo imaginar quais poderiam ser outras formas viáveis de rentabilidade, como o mercado de ações, mas é de conhecimento geral que ele não é nada intuitivo. Assim, é possível que você se pergunte quais as melhores dicas sobre a bolsa de valores para médicos.

Com a facilidade ao acesso de material disponível na internet, o mercado das ações deixou de ser uma realidade distante para muitas pessoas. Recentemente, a bolsa de valores atingiu a marca de 1 milhão de investidores (pessoas físicas).

O profissional da medicina tem a função de cuidar de outras pessoas, mas acaba, por muitas vezes, se esquecendo de cuidar de si mesmo. Buscar a estabilidade financeira é um ato a favor do próprio bem-estar. Mas o que você deve fazer para se tornar um médico investidor e fazer o seu dinheiro trabalhar para você?

Confira nossas 4 melhores dicas sobre bolsa de valores para os médicos que querem começar a investir.

1. Estude o assunto

A fim de se tornar um investidor, é preciso se dedicar para alcançar melhores resultados. Aprender a gerir as próprias finanças é um passo fundamental para não depender de profissionais que possam fazer isso em seu lugar. Lembre-se de que a melhor pessoa para cuidar de seu dinheiro é você mesmo. Só você conhece a fundo seus desejos e temores.

Uma informação importante para quem busca dicas de bolsa de valores para médicos é que não é necessário dedicar muito tempo ao assunto. Cerca de 3 a 4 horas por semana já são suficientes para obter resultados satisfatórios em suas rentabilidades. Existe uma infinidade de conteúdo sobre finanças e investimentos no YouTube e nos mais diversos blogs que vão contribuir com informações durante seu percurso até adquirir uma vida financeira saudável.

Em posse do conhecimento, basta que você crie uma conta em uma corretora de valores. As corretoras têm taxas mais atrativas que as dos bancos, apresentam uma diversidade enorme de tipos de investimentos e suas plataformas e aplicativos são feitos para que não sofram interferência de agentes maliciosos. Além disso, grande parte das corretoras conta com especialistas disponíveis para sanar as dúvidas de seus usuários, o que é fundamental para quem ainda está aprendendo a investir.

Por meio da corretora, você pode descobrir qual é o seu perfil de investidor respondendo a algumas perguntas simples. É importante entender qual o seu posicionamento perante a possibilidade de investir para que você saiba qual porcentagem do seu dinheiro poderia ser alocado em ações, por exemplo. Ter noção disso é necessário para que você não se sinta desconfortável em momentos de oscilação do mercado.

2. Siga uma estratégia vencedora

Uma das grandes dificuldades que os médicos encontram na hora de investir é conciliar o seu cotidiano com os investimentos. Esta incompatibilidade costuma afugentar muitos médicos de se tornarem investidores.

Entretanto, ao contrário do que você pode pensar, existe uma estratégia que foi desenvolvida exatamente para os médicos. Ela chama Enriquecer Faz Bem à Saúde e permite que você se torne investidor e necessite de pouco tempo de monitorização para obter rentabilidade diferenciada no mercado.

Esta estratégia já vem sendo usada por mais de 2000 médicos em todo o Brasil.

Seja um parceiro

3. Tenha cautela

Ao investir na bolsa de valores, tanto os iniciantes (ou investidores comuns) quanto os profissionais (analistas de investimentos) devem agir com cuidado.

Primeiramente, é preciso reconhecer que a educação financeira não faz parte da vida de todo mundo desde sempre, para que não se caia no erro de arriscar demais em algo que pode não dar certo.

Contudo, embora você deva realmente ficar atento a essa possibilidade, não precisa se sentir excessivamente desconfiado, a ponto de se afastar completamente do mercado de ações.

Lembre-se de que, apesar de arriscado, esse mercado também pode gerar lucros bem maiores que os da renda fixa, por exemplo. O melhor caminho para o sucesso com ações é estudar, simular e arriscar moderadamente.

4. Não desista diante das dificuldades

As dificuldades sempre existirão. Por isso, é preciso manter a disciplina e o o foco no longo prazo, dando sempre continuidade aos estudos e experimentando novas operações moderadamente.

Muitos investidores têm pressa para lucrar, o que pode fazer com que eles tomem decisões precipitadas. Grande parte desiste de investir em ações quando passa por um cenário de oscilação negativa, deixando de aproveitar oportunidades futuras de lucro com as mesmas ações ou outros investimentos. Para evitar esse tipo  de posicionamento, destacamos novamente a necessidade de se manter informado e de observar o mercado como um todo.

Lembre-se que não há um método 100% certo para operar na bolsa, pois existem investidores de sucesso que têm características bem diferentes uns dos outros. Por isso, além do que destacamos nessas dicas para médicos que desejam começar a investir, é importante que você troque ideias com outros investidores. Sempre é possível encontrar uma maneira nova de agir que pode se encaixar aos seus principais objetivos.

Além disso, se você pretender ter uma fonte excelente de informações, uma boa dica é ler o livro Bolsa de Valores para Médicos, do neurocirurgião Francinaldo Gomes, fundador do Saúde + Ação.

Gostou das nossas informações e entendeu como os médicos podem começam a investir na bolsa de valores? Saiba ainda que o Saúde + Ação oferece cursos presenciais de finanças (Dentre eles o Curso Enriquecer Faz Bem à Saúde) direcionados a profissionais da saúde. Essa é uma ótima oportunidade para que você conheça novos investidores e diferentes maneiras de pensar. Confira e invista em si mesmo!

Deixe um comentário

Um conjunto de ferramentas para ajudá-lo a enriquecer com saúde

Feito por médicos para médicos