Blog
  • Blog
  • Como juntar dinheiro: veja 6 formas de construir riqueza

Como juntar dinheiro: veja 6 formas de construir riqueza

Como juntar dinheiro: veja 6 formas de construir riqueza

Você está se perguntando como juntar dinheiro e acha que a resposta inclui, necessariamente, grandes sacrifícios que o farão perder qualidade de vida? A boa notícia é que esse pensamento está errado.

Você que nos acompanha já aprendeu que não dá para sair gastando tudo o que você ganha por aí, certo? Para enriquecer com saúde, precisamos abrir mão de algumas coisas, mas é perfeitamente possível termos um patrimônio sólido enquanto vivemos com qualidade. Afinal, alcançar a independência financeira não é um caminho tão curto.

Por isso, abrir mão da sua qualidade de vida não é uma decisão inteligente, visto que acabará com a sua motivação. Entretanto, uma das etapas para enriquecer com saúde é encontrar a forma mais barata de levar uma vida rica. A seguir, vamos dar algumas dicas de como juntar dinheiro de forma equilibrada e duradoura. Confira!

1. Concentre as finanças e movimentações em uma só instituição financeira

Se você tem contas em várias instituições financeiras, está na hora de rever essa decisão, pois não se trata de uma boa prática para quem quer juntar dinheiro. Procure usar bancos apenas para receber pagamentos/salários e pagar contas. Para construir sua carteira de investimentos, utilize uma corretora de valores. Ao optar por concentrar suas finanças e movimentações em um só banco e seus investimentos em apenas uma corretora, com certeza você gastará menos com as taxas pelos serviços que está usando.

Hoje em dia, existem inclusive bancos que são 100% digitais e oferecem contas-correntes sem a cobrança de mensalidades. Pense que, se você economizar R$ 30 por mês com a tarifa para manutenção da sua conta, ao final de um ano esse valor somará R$ 360 a mais no seu bolso. Bem como existem corretoras que não cobram TEDs, taxas de custódia ou mesmo taxa de corretagem.

2. Reduza e administre o uso de cartões

Caso tenha vários cartões de crédito, provavelmente você está pagando anuidade por cada um deles. Ou seja: há perda de dinheiro.

A boa notícia é que, com a vinda das fintechs, empresas que inovam por meio da tecnologia para o mercado financeiro, existem diversas administradoras que isentaram seus clientes da cobrança desse tipo de taxa.

Portanto, vale a pena pesquisar antes de decidir quais cartões vai manter. Uma boa dica é optar por dois cartões que tenham bandeiras e datas de vencimento distintas. Se você conseguir 15 dias de diferença entre esses vencimentos, dá para usar a data certa e ter uma média de 30 dias para pagar suas compras.

3. Consuma mais produtos e serviços de qualidade

Você já ouviu dizer que o barato pode sair caro, não é? Essa é a mais pura verdade. Às vezes, ao comprar um produto ou serviço, temos como parâmetro de decisão apenas o preço, optando pelo mais em conta.

Só que esse item mais barato acaba durando pouquíssimo tempo e faz com que a pessoa tenha de gastar novamente aquele dinheiro. Por isso, procure avaliar outros quesitos além do preço quando for comprar algo.

Afinal, de nada adianta adquirir o fogão mais barato e o utensílio quebrar com três meses de uso — enquanto você pode optar por um modelo um pouquinho mais caro, mas que vai durar por anos.

Resumindo, consumir produtos e serviços de qualidade (mesmo que sejam mais caros) muitas vezes representa uma economia para você, ajudando no propósito de juntar dinheiro.

Seja um parceiro

4. Corte despesas pouco funcionais

Gastar dinheiro em algo que você não usa é um grande prejuízo. Comece pensando no seu plano de celular, que pode representar um grande gasto no final do mês. É claro que não é preciso abrir mão de ter um smartphone, mas pare para refletir em quais são os recursos realmente utilizados.

Você usa mais os minutos para fazer ligações ou prefere se conectar com as pessoas por meio do pacote de dados? Está sempre com o Wi-Fi disponível ou usa muito o 4G? Entre nos sites das operadoras e veja quais são os pacotes disponíveis. Atualmente, muitas delas até oferecem a opção de customizá-lo de acordo com suas necessidades.

Reveja também o plano da sua TV a cabo. Será que você precisa de todos os canais que estão inclusos no contrato? Talvez optar por uma menor quantidade trará uma economia para ajudar no seu propósito de juntar dinheiro.

Esses são apenas alguns exemplos, mas a moral da história é fazê-lo parar para pensar em quais gastos são desnecessários em sua vida. Pode ser o clube que você paga e não vai ou a academia que nunca frequenta: faça uma análise de quais despesas são pouco funcionais para cortá-las da sua planilha de gastos.

5. Procure por boas oportunidades

Ainda bem que existem as pontas de estoque para ajudar na missão de economizar durante as compras. Mesmo que você precise se vestir com boas roupas para trabalhar ou goste de ter peças de marcas caras para usar nas horas de lazer, também é possível encontrar outlets com esses itens.

Muitas vezes, não é necessário nem sair da sua casa. Grande parte dos sites das melhores grifes já conta com uma sessão de outlet, com produtos da coleção passada que podem custar menos da metade do preço original. Pois é: isso significa que, em poucos cliques, podemos comprar o que desejamos, priorizar a marca de que gostamos e economizar dinheiro.

6. Defina metas para poupar

Essa é a última dica, mas de forma alguma a menos importante. Um dos grandes segredos para ser bem-sucedido na missão de juntar dinheiro é definir metas. Para alcançá-las, você deve focar em três palavras-chave: planejamento, disciplina e equilíbrio.

planejamento financeiro é primordial para que você consiga viver bem no presente e no futuro. A disciplina, por sua vez, o ajudará a seguir o planejamento traçado à risca. Já o equilíbrio será o responsável por balancear suas decisões, com foco em suprir os desejos de hoje e as necessidades de amanhã.

A pessoa que quer juntar riqueza precisa ter em mente que enriquecer com saúde requer uma constância. Não se trata de uma grande atitude, mas sim de pequenos hábitos que são colocados em prática todos os dias para economizar.

Neste artigo, reunimos dicas simples e eficientes de como juntar dinheiro. Quanto mais informação você tiver sobre as melhores maneiras de cuidar dos seus recursos, mais perto estará de construir o patrimônio que deseja.

Gostou do conteúdo e quer continuar se inteirando sobre o assunto? Entre em contato conosco e conheça os cursos disponíveis sobre educação financeira!

Deixe um comentário

Um conjunto de ferramentas para ajudá-lo a enriquecer com saúde

Feito por médicos para médicos