Blog
  • Blog
  • Dólar em alta: 5 aplicações financeiras para ganhar dinheiro

Dólar em alta: 5 aplicações financeiras para ganhar dinheiro

Dólar em alta: 5 aplicações financeiras para ganhar dinheiro

Sabia que mesmo com o dólar em alta é possível ganhar dinheiro? A escolha de investimentos corretos ajuda o investidor a proteger o patrimônio contra oscilações econômicas — como a desvalorização do real perante as moedas estrangeiras — e pode contribuir para a pessoa aumentar o seu capital.

Neste post abordaremos os investimentos mais recomendados com a alta da moeda norte-americana e explicaremos como as aplicações financeiras em dólar podem garantir proteção do patrimônio nos momentos de instabilidade econômica. Acompanhe!

Quais são os melhores investimentos com o dólar em alta?

Existem várias aplicações financeiras que se beneficiam com a valorização da moeda norte-americana. Entre elas estão os fundos cambiais, os contratos futuros e as ações de algumas empresas. Explicaremos sobre elas a seguir.

1. Fundos cambiais

É a aplicação mais indicada para o pequeno investidor. Com R$ 1.000 é possível investir nesses fundos. Ainda há a vantagem da diversificação, pois o seu capital é aplicado em várias ações que estão sujeitas a variação do preço da moeda estrangeira.

No entanto, não é interessante resgatar o dinheiro em um prazo inferior a 30 dias. Nesse caso haverá cobrança do Imposto sobre Operações de Crédito (IOF), o que comprometerá a rentabilidade do investimento.

2. Dólar em espécie

Muitas pessoas pensam que comprar moedas estrangeiras é um investimento, mas essa operação tem um custo alto. As instituições financeiras que vendem dólar em espécie cobram IOF, spread (diferença entre o valor de compra e venda) e outras tarifas adicionais.

Além desses gastos, há ainda o risco de roubo ou furto e do papel-moeda estragar com o passar do tempo. Portanto, só é interessante ter algumas notas de dólar no caso de viagens internacionais.

Seja um parceiro

3. Contratos futuros de dólar

Eles pagam a diferença da valorização da moeda norte-americana em determinado período. Nessa aplicação financeira não há carência, ou seja, um investimento pode ser resgatado e aplicado quando você desejar.

Esses contratos são muito úteis para as pessoas que desejam viajar ao exterior. Quando o dólar sobe, o investidor ganha com a diferença. Por outro lado, se a moeda cair, ele perde no investimento, mas gasta menos com hotel e hospedagem, por exemplo.

4. Ações de empresas específicas

Algumas companhias nacionais têm parte dos seus ganhos em dólar. Com isso, os lucros são influenciados conforme a variação do câmbio. Quando a moeda estrangeira está em alta, as receitas aumentam. Isso acontece com ações de muitas empresas exportadoras, como a FIBR3 (Fibria) e a SUZB5 (Suzano) — que exportam celulose e papel, respectivamente.

5. Fundos multimercados

Os fundos multimercados podem operar vários tipos de ativos — entre eles estão aplicações em renda fixa, ações e cambiais. As condições de liquidez, rentabilidade e risco variam conforme cada fundo.

Nos investimentos em câmbio, o gestor destina a maior parte dos recursos a ativos que têm o seu desempenho influenciado pelo dólar. Dessa forma, em caso de alta da moeda, o investidor ganha dinheiro.

Como em qualquer fundo de investimento, você contará com um gestor para direcionar as estratégias. Nesse tipo um fundo ele terá mais liberdade para agir, então antes de escolher um multimercado, é importante conhecer o histórico da pessoa que vai gerir o fundo, verificar o desempenho do ativo nos últimos 24 meses e ter confiança no administrador.

Como o investimento em dólar garante proteção ao patrimônio?

O investimento em moeda estrangeira protege contra oscilações econômicas, entre elas as variações no câmbio. Em alguns momentos o real perde valor, e a pessoa tem o seu poder de compra diminuído quando viaja para o exterior. Por outro lado, quem investe em dólar consegue se precaver dessa “crise”.

Existem muitas aplicações financeiras que podem se beneficiar com a alta do dólar. Entre elas estão contratos futuros, fundos cambiais e ações de algumas empresas. A rentabilidade desses investimentos é influenciada pela valorização ou não da moeda. Por isso, vale a pena destinar seu patrimônio a esses investimentos com o objetivo de proteger o seu capital.

Gostou das dicas sobre como investir com o dólar em alta? Compartilhe este post nas redes sociais e permita que mais pessoas saibam fazer investimentos nesse cenário!

Deixe um comentário

Um conjunto de ferramentas para ajudá-lo a enriquecer com saúde

Feito por médicos para médicos