Blog
  • Blog
  • Investidor moderado: entenda as suas características!

Investidor moderado: entenda as suas características!

Investidor moderado: entenda as suas características!

Ao entrar no mundo dos investimentos, uma das informações mais úteis para começar a aplicar é saber o seu perfil. Isto porque esse dado funciona como uma espécie de norte para entender sua tolerância a riscos e também quais são as melhores aplicações para os seus objetivos.

Sendo assim, ao pesquisar os tipos de perfis, você encontrará basicamente três modelos: o investidor moderado, o conservador e o agressivo. Cada um deles tem características específicas de montagem da carteira, ajudando a determinar qual é a porcentagem de aplicações entre renda fixa e variável.

Para que você entenda um pouco mais sobre essa classificação, neste texto vamos explicar as principais características do perfil moderado. Entenda.

O que é o investidor moderado?

Entre os perfis conservador e agressivo, temos um tipo que é conhecido como o mais equilibrado de todos. Um investidor que tem a tendência em escolher tanto aplicações que proporcionam segurança quanto volatilidade.

É considerado também o tipo mais versátil dos três, procurando equilibrar a rentabilidade e o risco. Sendo um indivíduo que já tem um bom conhecimento de mercado e investe para aumentar o seu patrimônio.

Contudo, saiba que isso não significa que é um perfil que aposta metade de sua carteira em investimentos arriscados. A tendência é que o moderado tenha uma grande parte do seu portfólio em aplicações do tipo renda fixa e uma quantidade menor, como 20%, em variável.

O que é bem diferente da categoria conservadora, na qual quase 100% dos seus ativos são escolhidos pela segurança, ou seja, na renda fixa. Ainda, distinto do agressivo, no qual quase todo o portfólio é de renda variável.

Curso Internacional Saúde mais Ação

Como o investidor moderado investe?

Como vimos no tópico anterior, o investidor moderado tem a tendência de diversificar mais a sua carteira, entretanto, ainda mantém uma boa parte em aplicações mais conservadoras. Logo, é possível encontrar ativos de renda fixa e variável e é provável que ele procure por investimentos que proporcionam essa dinâmica.

Então, esse tipo poderá aplicar em:

  • títulos de renda fixa pré-fixados;
  • títulos de renda fixa pós-fixados;
  • títulos de renda fixa indexados ao IPCA;
  • fundos Imobiliários, de multimercados, de ações;
  • COE com o principal garantido.

Especialmente os fundos multimercados são os que mais se encaixam nesse perfil. Eles têm diferentes ativos em um só lugar, sendo possível encontrar desde ações, papéis de câmbio até títulos de renda fixa, entre outros. O que se encaixa na tendência a versatilidade.

Ao longo deste texto, você pôde acompanhar as principais características do investidor moderado. Deu para perceber que ele é o tipo mais flexível entre os outros dois perfis (conservador e agressivo). Caracterizado por ser um indivíduo que investe tanto em aplicações de renda fixa quanto variável, mesmo que a primeira opção seja a de maior parcela em sua carteira.

Fique atento aos nossos próximos post, pois continuaremos essa série sobre os tipos de investidores. No artigo do mês que vem, falaremos sobre o perfil agressivo.

Gostou do nosso texto? Ele foi útil para você? Então, siga a gente no Facebook, Soundcloud, Youtube e LinkedIn e continue a receber mais conteúdos como este!

Avatar

Alexandre Rosa

Formado em Medicina pela Universidade Federal do Pará (UFPA) e doutorado em Oftalmologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Membro do Conselho Brasileiro de Oftalmologia e da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo. Especialista em doenças da retina e vítreo pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Professor de Oftalmologia da Universidade Federal do Pará.

Deixe um comentário

 

Um conjunto de ferramentas para ajudá-lo a enriquecer com saúde

Feito por médicos para médicos