Blog
  • Blog
  • Imposto de renda 2019: o que você precisa saber sobre o assunto

Imposto de renda 2019: o que você precisa saber sobre o assunto

Imposto de renda 2019: o que você precisa saber sobre o assunto

Uma das etapas mais importantes para Enriquecer com Saúde é o planejamento tributário. Por isso, deve-se dar especial atenção a este processo para não pagar tributos em excesso ou mesmo não incorrer em contingências fiscais.

O prazo para entregar a declaração do Imposto de Renda 2019 já começou, e o contribuinte tem até o dia 30 de abril para regularizar a situação com o fisco. Quem não cumprir com a data limite ou não declarar o tributo está sujeito a multas — o que ninguém deseja, não é mesmo?

Vale destacar que os indivíduos que apresentarem a declaração após o prazo estabelecido estão sujeitos a pagar multa de 1% ao mês ou a fração do mês do atraso sobre o tributo devido. O valor mínimo da penalidade é de R$ 165,74 e pode chegar a, no máximo, 20% da quantia total do imposto.

Neste ano, a Receita Federal divulgou algumas mudanças em relação ao Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF). Você quer saber quais são elas? Neste post, abordaremos as principais novidades e destacaremos a importância de fazer o procedimento corretamente. Continue lendo!

Quais as principais mudanças no Imposto de Renda 2019?

Exigência do CPF de todos os dependentes na declaração

A partir deste ano será necessário acrescentar todos os dependentes na declaração do IRPF e exigido o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) deles. Até o ano passado, o documento era obrigatório para os indivíduos que tinham filhos com oito anos ou mais, mas a partir de agora o procedimento é necessário para quem tem dependentes de qualquer idade.

Notificação sobre a malha fina em 24 horas

Agora, o contribuinte saberá mais rapidamente caso tenha caído na malha fina. Até o ano passado, o prazo era de 15 dias, mas a partir de 2019, a Receita Federal informará em, no máximo, 24 horas caso encontre irregularidades ou inconstâncias na declaração do tributo.

Vale destacar que apenas corre risco de cair na malha fina os contribuintes que informarem a renda e deduções distintas em relação àquelas encontradas no cruzamento das fontes pagadoras ou recebedoras.

Aumento no valor da dedução com empregado doméstico

Em 2019, o limite de abatimento da contribuição patronal que incide sobre os ganhos do empregado doméstico é de R$1.200,32. No ano passado, essa quantia era de R$1.171,84 — ou seja, o limite aumentou em, aproximadamente, 2,4%.

Seja um parceiro

Qual a importância de fazer a declaração corretamente?

Ao fazer o procedimento de forma correta e seguir os prazos estabelecidos, você fica regularizado com o fisco e não terá dores de cabeça no futuro. Dessa forma, pode ficar tranquilo, pois significa que declarou o patrimônio da forma adequada e cumpriu todas as obrigações com a Receita Federal. Além disso, não será necessário lidar com o pagamento de multas.

O Imposto de Renda apresentou algumas mudanças neste ano, e por isso, é importante ficar por dentro em relação as novidades. Em resumo, entre as principais alterações estão: a necessidade de declarar todos os dependentes, a diminuição do prazo para saber se caiu na malha fina e o aumento do valor da dedução com empregado doméstico.

Gostou deste artigo sobre o Imposto de Renda 2019? Siga-nos nas redes sociais e receba outros conteúdos sobre o assunto em primeira mão — estamos no Facebook e no Linkedin.

Deixe um comentário

Um conjunto de ferramentas para ajudá-lo a enriquecer com saúde

Feito por médicos para médicos