Blog
  • Blog
  • Como garantir sua tranquilidade financeira no futuro? Descubra aqui!

Como garantir sua tranquilidade financeira no futuro? Descubra aqui!

Como garantir sua tranquilidade financeira no futuro? Descubra aqui!

Vamos ser sinceros: quem não está em busca da tranquilidade financeira no futuro? De fato, independentemente da sua condição profissional, ter a possibilidade de não se preocupar com dinheiro é um privilégio que a maioria quer, mas que poucos conseguem.

Entretanto, não pense que ter um futuro garantido quando o assunto é finança é uma coisa impossível. Segundo pesquisa da Folha, os investimentos feitos na bolsa por pessoas físicas aumentaram em 20%, ou seja, estamos começando a olhar para as aplicações como uma possibilidade de aumentar os nossos rendimentos.

Contudo, o mundo dos negócios não é tão simples assim. É preciso entendê-lo se quiser tirar bons resultados. Mais do que isso, é necessário desenvolver boas estratégias para fazer as escolhas certas.

Sabendo disso, hoje nós resolvemos falar de um assunto muito importante para buscar sua tranquilidade financeira: planejamento de investimentos. Então, a seguir, vamos entender um pouco mais sobre esse assunto.

Qual é a importância de planejar os investimentos?

A maioria das coisas na vida precisa de um planejamento, isto é, necessita da nossa capacidade de organizar e definir passos para chegar a um objetivo. No caso dos investimentos, essa é uma atitude fundamental para ter bons resultados. Investir sem planejar é como dar um tiro no escuro.

Aplicações são voláteis. Algumas sofrem uma grande influência do mercado, outras não. Algumas dependem dos juros e da inflação. Isso quer dizer que não há como controlar o resultado; porém, é possível se antecipar com planejamento, obtendo uma maior segurança nas ações e, consequentemente, um melhor resultado para o futuro.

Ao concentrar-se no planejamento, você consegue:

  • ter mais confiança para realizar investimentos;
  • ter uma estimativa de quando poderá alcançar o seu objetivo;
  • entender quais são as melhores aplicações no momento para você;
  • alcançar equilíbrio nas escolhas de sua carteira.
Seja um parceiro

Como planejar os investimentos?

Agora vamos conhecer os principais passos para começar a planejar suas aplicações. Confira!

Invista em sua educação financeira

O mercado de investimentos pode ser muito empolgante; porém, para atingir resultados, é preciso conhecê-lo. Nesse ponto, quando falamos em investir em educação financeira, queremos dizer que é necessário procurar o máximo de informação confiável possível sobre isso. Ler blogs e revistas especializadas, ficar atento às notícias, fazer cursos, etc.

É fundamental buscar entender o funcionamento de suas aplicações. Entretanto, não é necessário ser um economista para ter sucesso. Conheça as movimentações das taxas, da inflação e de outros componentes que afetam diretamente os resultados.

Defina os seus objetivos

Essa segunda dica parece básica, mas, acredite, é comum não definir objetivos e já querer investir sem saber ao certo o porquê. É claro que querer aumentar os seus rendimentos pode ser considerado um objetivo; porém, geralmente, queremos “ter mais dinheiro” para realizar outras coisas. Por exemplo, querer trocar o carro, a mobília da casa, viajar no final do mês etc. Coisas que podem ser consideradas objetivos também.

Por isso, é importante sentar e analisar o que você realmente quer com a ideia de aumentar os seus rendimentos. Isso não só te ajudará a definir um prazo e saber quanto separar por mês, como também auxiliará a escolher aplicações que estejam mais de acordo.

Falando em investimentos ideais, tem outra dica que é fundamental para fazer as melhores escolhas. Veja a seguir.

Conheça o seu perfil

Muitos sites de economia falarão sobre a importância do perfil do investidor: uma avaliação para entender quais são as principais predisposições de uma pessoa quando o assunto é investimento. Aliás, um dos parâmetros utilizados para a definição é a tolerância ao risco.

Assim sendo, existem 3 tipos de perfis: conservador, moderado e arrojado. O primeiro está relacionado ao investidor que tem muita pouca tolerância e prefere segurança. O segundo é aquele que aceita um pouco mais os riscos. O último é o que tem uma alta tolerância, principalmente em curto prazo, ou seja, ele não vê problemas em perder um pouco se tiver garantias no futuro.

Cada um possui uma tendência a ter uma porcentagem maior ou menor de aplicações de renda fixa ou variável na sua carteira. Por isso, saber qual é o seu perfil pode ser fundamental para escolher o que vai compor o portfólio antes de investir.

Entretanto, deve-se ter cuidado para não confundir perfil conservador com “medo” ou mesmo perfil arrojado com “inconsequente”. Uma outra forma de alocar os recursos de forma a ser eficiente é o uso da regra dos 100. Esta regra fará com que você seja conservador quando tiver que ser conservador e seja arrojado quando tiver que ser arrojado.

Diversifique sua carteira de investimentos

Após conhecer o mercado e o seu perfil, você terá informações suficientes para começar a escolher seus investimentos. Aqui entra um ponto muito importante sobre aplicações: é preciso diversificar sua carteira.

Isso significa que é necessário equilibrar o seu portfólio entre ativos de renda fixa e variável, de acordo com o seu perfil (ou de acordo com a regra dos 100) e procurando ter alguma estratégia para o longo prazo. A estratégia Enriquecer Faz Bem à Saúde já ajudou mais de 2000 profissionais em todo o Brasil a melhorarem suas finanças. É isso que te ajudará a manter seu sucesso e te dará segurança.

Imagine que você tenha apenas investimentos que dependem da inflação e que ela se encontre em baixa. Isso prejudicará o desempenho da sua carteira, não é? No entanto, se você tivesse em seu portfólio outros tipos ativos, isso seria diferente. Você teria como garantia uma rentabilidade mesmo nesses momentos. Esse é um dos motivos de diversificar: garantir a segurança de seus rendimentos.

Conte com uma assessoria de investimentos, porém aprenda a cuidar do seu dinheiro

Imagine a possibilidade de ter todas essas orientações dadas por um profissional. Alguém que realmente entende do mercado, que tem experiência, que conhece muito sobre investimentos e que pode, inclusive, te ajudar a descobrir qual é o seu perfil e quais são as melhores aplicações para você. É exatamente esse o trabalho de uma assessoria de investimentos.

Ela é uma empresa especializada em orientar e ajudar o investidor a realizar as melhores escolhas e assim atingir os seus objetivos.

Contar com uma boa assessoria é importante, mas você precisa aprender a cuidar do seu dinheiro pois só você sabe o que passou e do que teve que abrir mãos para ganha-lo. O assessor deve ajudar você e não decidir por você.

A Saúde Mais Ação

Hoje, apresentamos dicas fundamentais sobre como planejar os seus investimentos; porém, queremos destacar a importância de procurar uma ajuda especializada para fazer as suas escolhas com mais segurança.

Nesse contexto, a Saúde Mais Ação Educação Financeira oferece uma série de vantagens — principalmente se você é um profissional de saúde e quer cuidar de suas finanças sem que isso interfira com seu cotidiano. Temos o curso Enriquecer Faz Bem à Saúde e Clínica de Excelência para você aprender a planejar suas finanças e as finanças de sua empresa. Além disso, temos livros sobre finanças pessoais e finanças corporativas e também ferramentas de gestão e planilhas sobre finanças pessoais e finanças corporativas. Tudo para garantir que as melhores escolhas sejam feitas!

Nossos diferenciais são entender como funciona o mercado e também compreender as dificuldades de quem cuida da saúde dos outros. A isenção presente em todos os nossos produtos constitui nosso principal diferencial.

Então, se você quer fazer escolhas melhores e garantir a tranquilidade financeira no futuro — aumentando, assim, o seu conhecimento — entre em contato conosco e conheça os nossos serviços!

Deixe um comentário

Um conjunto de ferramentas para ajudá-lo a enriquecer com saúde

Feito por médicos para médicos